Hospital do Sangue

Ajude a Salvar Vidas com a conclusão das obras do Hospital do Sangue do Amazonas. Faça sua doação. Clique aqui.

Horário

Hemoam: Segunda a sábado, das 7h30 às 18h.
Maternidade Ana Braga: Segunda a sexta, das 8 às 13h.

Agende sua Doação

Após sua segunda doação, você já pode fazer o seu agendamento. Clique aqui

Hemoam > Notícias

Tratamento com hipnose ajuda a diminuir a dor de pacientes com doenças graves no Hemoam


“A fundação é a primeira instituição hospitalar brasileira a aplicar a técnica em crianças”


PUBLICADO DIA: 17/07/2019 11:08:59 Última atualização: 23/08/2019 07:14:51 Legenda:
Créditos:

Você confiaria ter um dente extraído sem o uso de anestesia ou medicação para suprimir a dor? E se em vez da anestesia fosse utilizado um processo de hipnose? Para muita gente o que ainda parece duvidoso ou até estranho, na Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) já é realidade muito bem aceita pelos pacientes.

 

A técnica começou a ser utilizada no HEMOAM em 2018 e até então ainda é a única instituição hospitalar da região norte a aplicar o procedimento clínico terapêutico nos pacientes e a primeira no país a utilizar hipnose em crianças. Somente países como a Suíça, Alemanha e EUA aplicam em crianças.

 

Entre as pessoas que recebem a hipnose clínica sempre que é necessário está Ingrid Ladislau, 35. Para Ingrid a hipnose já foi, por diversas vezes, o único jeito de aliviar os sintomas das crises que ela vez ou outra tem por conta da Anemia Falciforme, doença que convive desde os seis meses de vida.

 

“A doença que eu tenho me faz sentir dores horríveis e às vezes só melhora quando eu tomo morfina (remédio pra dores intensas). Foi numa dessas crises que eu fiz uso da Hipnose. Eu lembro que eu já estava gritando no corredor de tanta dor, quando sugeriram fazer a técnica. Desde essa vez eu passei a usar a técnica com maior frequência pra aliviar dores críticas”, relata Ingrid.

 

Outro paciente que já experimentou sessões de Hipnose Clínica foi o Seu Benedito Aguiar. Ele luta contra a leucemia há três anos e faz tratamento no Hemoam. Pra ele, a técnica ajudou a controlar a insônia e dores causadas pela doença.

 

“O tratamento faz com que eu me sinta ótimo, fico mais aliviado e relaxado e por conta disso consigo dormir melhor e sem dores, a hipnose funciona”, avaliou.

 

No HEMOAM, o responsável pela hipnoterapia é o psicólogo e hipnoterapeuta José Braga. Braga tem formação em Hipnologia Clínica pelo Instituto Internacional de Hipnologia Clínica e Experimental e pelo Omni Hypnosis Training Center (OMNI).

 

Dores agudas - Ele explica que a ferramenta mais comum é a chamada “hipnose de urgência”, usada nos casos em que o paciente está precisando de intervenção imediata. “O paciente entra num estado de transe e profundo relaxamento, como se estivesse sob o efeito de anestesia, sem medicamentos ou agulhas”, conta.

 

O especialista destaca que a hipnose funciona como uma indução do próprio paciente a produzir substâncias que tem a função analgésica, ou seja, diminuem a dor. “Através da hipnose eu ativo essa capacidade no paciente e o próprio corpo dele reage produzindo as substancias necessárias”, reforçou.

 

Tratamento da depressão - A hipnose também é utilizada para programar ou reprogramar a mente inconsciente de alguns pacientes quando se trata de crenças que o limitam, tais como medo, angústia e depressão. “Às vezes esses sentimentos atrapalham muito o tratamento principal do paciente porque o psicológico dele está interferindo na interação química da medicação com o próprio organismo”, esclareceu Braga.   

 

Adriel Góes, 8 anos, é um desses exemplos. O garoto tem Púrpura Trombocitopênica Imune (PTI), uma doença autoimune. Depois de passar pelo procedimento ele relatou ter ficado muito aliviado e se sentiu bem melhor. A mãe do menino, Suelen Góes, relata que o filho passou a ter medo de tudo depois que foi diagnosticado com a doença.

 

“Eu não sabia dessa técnica, ai o psicólogo me falou e eu concordei em fazer, pra tirar o medo dele, porque ele tem muito medo. Na primeira sessão ele disse que se sentiu alegre e corajoso, vamos continuar o tratamento. Como mãe eu fico feliz, porque esse medo dele me preocupa e eu espero que melhore a qualidade de vida dele”.

 

Procedimento legalizado – No Brasil, o uso da hipnose clínica é regulamentado. O Conselho Federal de Medicina validou a hipnose e existe um decreto que autoriza a utilização dessa técnica de forma ética, em casos clínicos e terapêuticos em adultos e crianças. A modalidade clínica ainda é pouco difundida no país. Algumas localidades como Suíça, Alemanha e EUA já utilizam hipnose em crianças.

 

“O que temos visto aqui no Hemoam nos últimos dois anos é que a hipnose aumenta a autoestima do paciente, o encoraja a fazer o tratamento e a ter uma qualidade de vida melhor, principalmente no aspecto psíquico”, disse o especialista.

 

 

 

 






Paginação