Hospital do Sangue

Ajude a Salvar Vidas com a conclusão das obras do Hospital do Sangue do Amazonas. Faça sua doação. Clique aqui.

Horário

Hemoam: Segunda a sábado, das 7h às 18h.
Maternidade Ana Braga: Segunda a sexta, das 8 às 12h30.

Agende sua Doação

Após sua segunda doação, você já pode fazer o seu agendamento. Clique aqui

Hemoam > Notícias

Hemoam constrói planejamento estratégico visando ampliação da assistência oncohematológica


As operações e ações estratégicas foram trabalhadas nos últimos dez dias, envolvendo os gestores da instituição.


PUBLICADO DIA: 15/08/2019 15:24:33 Última atualização: 21/09/2019 12:26:11 Legenda:
Créditos:

O aumento da demanda na área da assistência hematológica e oncohematológica pautou a gestão da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) na elaboração do planejamento estratégico para os próximos quatro anos. As operações e ações estratégicas foram trabalhadas nos últimos dez dias, envolvendo os gestores da instituição, representantes dos servidores e parceiros do Hemoam, sob a coordenação do professor e doutor em Saúde Pública, Adriano Cavalcante, da Secretaria de Saúde de Pernambuco.

 

O crescimento da demanda hematológica no Amazonas é consequência da capacitação e extensão do diagnóstico precoce à população do interior. A estimativa é que os casos de doenças do sangue tenham uma média de crescimento anual de 30%. “Precisamos nos preparar, reciclar e olhar de novos ângulos o que fazemos hoje e o que podemos fazer amanhã para continuar atendendo com eficiência e eficácia todos os casos que chegam até o Hemoam, sejam eles de leucemia, linfomas, hemofilias, anemias ou outras doenças do sangue”, disse a diretora-presidente da Fundação, Socorro Sampaio.

 

O planejamento foi construído sobre o método Matusiano, no qual o coletivo é envolvido, e as estratégias e decisões são democráticas. “Quando todos são envolvidos, as chances de sucesso são maiores, uma vez que todos também se sentem responsáveis pela construção e execução de todas as propostas”, avaliou Adriano Cavalcante.

 

As alternativas para driblar a crise econômica sem afetar a qualidade do serviço prestado e a consolidação do Hospital do Sangue foram os eixos que receberam mais atenção dos gestores da Fundação. A atual estrutura do Hemoam está no limite para o atendimento de mais de 1.200 pacientes com doenças do sangue e a realização de mais de 26 mil consultas especializadas por ano.

 

A expectativa é de resolver esse problema até dezembro de 2020, com a entrega e funcionamento do Hospital do Sangue, obra cuja execução está em torno de 50% concluída. As atuais instalações do Hemoam devem ser aproveitadas para ampliar o parque tecnológico dos laboratórios, onde são realizadas análises clínicas, ensino e desenvolvimento de pesquisas junto às universidades, além de ampliar o espaço destinado à coleta de sangue (hemoterapia).

 

“O desafio agora é trabalhar para pôr em prática essas metas e oferecer um serviço integral para a população amazonense”, concluiu a diretora do Hemoam.

 

Texto: Felipe Nascimento. 

 






Paginação