Hospital do Sangue

Ajude a Salvar Vidas com a conclusão das obras do Hospital do Sangue do Amazonas. Faça sua doação. Clique aqui.

Horário

Hemoam: Segunda a sábado, das 7h30 às 18h.
Maternidade Ana Braga: Segunda a sexta, das 8 às 13h.

Agende sua Doação

Após sua segunda doação, você já pode fazer o seu agendamento. Clique aqui

Hemoam > Notícias

Bioquímico do Hemoam dirige palestra sobre “Sistemas de Grupo Sanguíneo MNS e Diego” em 1ª video conferência na área de Imuno-hematologia transmitida para Hemocentros do Brasil


A aula foi transmitida do complexo do Ministério da Saúde em Manaus


PUBLICADO DIA: 26/08/2019 16:49:24 Última atualização: 19/09/2019 00:05:59 Legenda:
Créditos:

O Bioquímico, Sérgio Albuquerque da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) palestrou no dia 13 de agosto, através da Rede de Colaboração Virtual por Videoconferência para a Hemorrede Brasileira (RHEMO), sobre “Os Sistemas de Grupo Sanguíneo MNS e Diego”. A aula com duração de 1h, foi transmitida do complexo do Ministério da Saúde em Manaus para diversos Hemocentros do Brasil. Essa foi a primeira videoconferência na área de Imuno-Hematolgia da história da Fundação.

O objetivo da videoconferência foi promover aprendizado sobre as características moleculares, bioquímicas e sorológicas dos sistemas MNS e Diego. “As hemácias humanas possuem 36 sistemas de grupos sanguíneos e para conseguirmos bolsas de sangue compatíveis para pacientes politransfundidos é necessário se conhecer as características destes sistemas e seus anticorpos. E os Hemocentros possuem necessidade de transfundir pacientes com doenças hematológicas que são politransfunsdidos, por isso, essa aula foi importante”, afirmou o Bioquímico, Sérgio Albuquerque, que também faz parte do Comitê de Assessoramento Técnico do Programa Nacional do Banco de Sangue Raro.

Em seguida, alguns casos foram discutidos entre os hemocentros que participaram do ensino a distância. A Central do Ministério da Saúde de Brasília, permitiu  aos hemocentros de cada Estado, o esclarecimento de dúvidas, que foram respondidas pelo Bioquímico do Hemoam, e pelas diversas equipes que estavam participando do projeto RHEMO. Além, de trocas de experiências sobre  assunto. “Nós aproveitamos para discutir casos e trocar conhecimentos”, afirmou  o Bioquímico.

Essas ações permitem maior aproximação entre Hemocentros Coordenadores, Hemocentros Regionais, Agências Transfusionais e demais membros da política do sangue em âmbito nacional e internacional, encurtando distâncias e ampliando o conhecimento na área. “ Participar desse evento permite que o Hemoam seja visto pelo potêncial educaciona e Ciêntífico”, afirmou o Dr. Sérgio Albuquerque.

Texto: Karol Maia






Paginação