Hospital do Sangue

Ajude a Salvar Vidas com a conclusão das obras do Hospital do Sangue do Amazonas. Faça sua doação. Clique aqui.

Horário

Hemoam: Segunda a sábado, das 7h às 18h.
Maternidade Ana Braga: Segunda a sexta, das 8 às 12h30.

Agende sua Doação

Após sua segunda doação, você já pode fazer o seu agendamento. Clique aqui

Hemoam > Notícias

Obras do Hospital do Sangue avançam e entrega deve ser antecipada


Atualmente o complexo está em fase de infraestrutura de instalações, revestimentos e pintura.


PUBLICADO DIA: 12/12/2019 10:39:58 Última atualização: 26/01/2020 13:10:45 Legenda:
Créditos:

Retomada em janeiro de 2019 a obra de construção do Hospital do Sangue da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) está com 50% de conclusão. Atualmente o complexo está em fase de infraestrutura de instalações, revestimentos e pintura e deve ser entregue até o segundo semestre de 2020. Com 15 mil metros quadrados, o Hospital do Sangue vai aumentar em até seis vezes a capacidade atual de assistência hematológica e oncohematológica do Amazonas.

 

“Estamos evoluindo para atender e ser referência no tratamento do câncer infanto-juvenil e doenças do sangue para toda região norte do Brasil. Hoje, estamos funcionando dentro do limite”, disse a diretora-presidente do Hemoam, Socorro Sampaio.

 

O Hemoam conta hoje com 26 leitos de internação e atende uma média anual de mais de 900 pacientes. O Hospital do Sangue terá 157 leitos, o que dá uma projeção de ampliar a capacidade de internação para mais de cinco mil pacientes/ano. O hospital atenderá 100% do câncer infanto-juvenil, além das doenças benignas e malignas do sangue.

 

“O Hospital do Sangue também deve incorporar o transplante de medula óssea. Atualmente, os casos de transplante precisam ir para Jaú (SP) e consideramos que, além do custo financeiro, esse deslocamento não é bom para os pacientes que precisam mais do que nunca do seio familiar”, avaliou a diretora, que também é médica hematologista pediátrica.

 

Antecipação - A celeridade na construção e os repasses regulares pelo Governo do Amazonas devem antecipar o prazo de inauguração da obra para junho. A previsão inicial era para dezembro de 2020. “A obra civil deve ser entregue primeiro e estamos trabalhando arduamente em paralelo para garantir toda estrutura necessária de Recursos Humanos, equipamentos e mobília”, disse a diretora. A segunda etapa da obra civil está custando o valor de R$ 39 milhões.

 

As instalações atuais da Fundação Hemoam continuarão funcionando com o setor administrativo, coleta e distribuição de sangue, laboratórios de análises clínicas e o departamento de ensino e pesquisa. A estrutura existente garante mais de um milhão de atendimento para a população do Amazonas e de estados vizinhos.

 

TEXTO: FELIPE NASCIMENTO/HEMOAM

FOTO: TÁCIO MELO/SECOM

 






Paginação