Hospital do Sangue

Ajude a Salvar Vidas com a conclusão das obras do Hospital do Sangue do Amazonas. Faça sua doação. Clique aqui.

Horário

Hemoam: Segunda a sábado, das 7h30 às 18h.
Maternidade Ana Braga: Segunda a sexta, das 8 às 13h.

Agende sua Doação

Após sua segunda doação, você já pode fazer o seu agendamento. Clique aqui

Hemoam > Notícias

Pesquisa desenvolvida no HEMOAM ganha destaque internacional na área da transfusão


O artigo “Detection of human immunodeficiency Type 1 phylogenetic clusters with multidrug resistance mutations among 2011 to 2017 blood donors from the highly endemic Northern Brazilian Amazon,” foi destaque na revista internacional Transfusion.


PUBLICADO DIA: 19/06/2019 12:08:16 Última atualização: 18/08/2019 12:55:47 Legenda:
Créditos:

A pesquisa, que faz parte dos resultados da tese de doutorado da Diretora de Ensino e Pesquisa do HEMOAM, Myuki Alfaia Esashika Crispim, descreve a resistência aos medicamentos usados para tratar pessoas portadoras do HIV transmitida em candidatos à doação de sangue diagnosticados com HIV-1, no período de 2011 a 2017, em três hemocentros de referência da Amazônia.

O artigo foi divulgado pela revista científica, ”TRANSFUSION”, o qual é revisado por pesquisadores da Associação Americana de Bancos de Sangue (AABB), considerada uma das mais importantes revistas na área da hemoterapia e hematologia.

Na pesquisa foi detectada resistência transmitida moderada (11%) em indivíduos que nunca foram tratados (virgem de tratamento), ou seja, essas pessoas foram infectadas com vírus que são resistentes aos medicamentos utilizados no tratamento para o HIV. A maioria dos candidatos à doação de sangue tinham mutações similares e/ou múltiplas que conferem resistência às drogas, sendo que alguns pertenciam a grupos de transmissão de alto risco, com resistência transmitida às drogas e mutações de resistência à drogas (TDR/ DRM) nos doadores do Amazonas.

“Se o candidato à doação de sangue já tiver sido infectado com o HIV com mutações e vai tomar os medicamentos (coquetel), este não vai produzir o efeito desejado, porque o indivíduo já adquiriu o vírus com mutação de resistência e o tratamento poderá se tornar ineficaz. Por isso, é importante detectar a resistência transmitida às drogas para que a pessoa receba o tratamento inicial adequado”, disse, Myuki Alfaia Esashika Crispim, Diretora de Ensino e Pesquisa do Hemoam.

A identificação de clusters de transmissão de vírus resistentes a múltiplos fármacos em doadores de sangue do Amazonas destaca a necessidade do monitoramento contínuo da resistência transmitida às drogas e mutações de resistência às drogas (TDR/ DRM), e a importância da genotipagem pré-tratamento no estado do Amazonas, considerado como uma região altamente endêmica para o HIV-1.

O estudo foi realizado pelos pesquisadores do HEMOAM: Myuki Alfaia Esashika Crispim, Diretora de Ensino e Pesquisa e  Nelson Abrahim Fraiji, Diretor Clínico. Além disso, contou com a parceria de outros pesquisadores, tais como: Mônica Nogueira da Guarda Reis (Universidade Federal de Goiás - UFG), Gonzalo Bello (FIOCRUZ do Rio de Janeiro) e Mariane Martins Araújo Stefani (UFG).

Texto: Karol Maia






Paginação